Você está aqui: HomeNotícias › Notícia completa
20/07/2018 às 15:03
Prefeito assina aditamento para conclusão da Estação de Tratamento de Esgoto















 

 

Convênio do Programa Água Limpa, assinatura aconteceu na última quarta-feira, em São Paulo; obra deve estar concluída em 40 dias

 

O prefeito de Santa Rita do Passa Quatro, Leandro Luciano dos Santos, assinou, nesta quarta-feira (18/7), o Termo de Aditamento ao Convênio Água Limpa para conclusão da obra de construção da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto) do córrego Capituva. O termo foi celebrado para adequação ao Decreto Estadual nº 63.107/2017, repassando atribuição da Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo (SSRH) ao Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE).

 

O documento foi assinado também pelo o secretário de Estado Ricardo Borsari e pelo superintendente do DAEE, Francisco Loducca. Os recursos financeiros para execução de projetos e obras de afastamento e tratamento de esgoto sanitário foram repassados pelo Estado, a fundo perdido, ao município.

 

A ETE do Capituva é uma obra do Governo do Estado de São Paulo, através do programa Água Limpa, da Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos, o DAEE e Secretaria da Saúde. Com investimento de aproximadamente R$ 6 milhões, a estação irá beneficiar 50% da cidade -- a outra metade já é atendida pela ETE do Córrego Marinho.

 

De acordo com o secretário, a obra deve estar concluída em 40 dias. O prefeito também salienta a importância do projeto que irá resultar em 100% do esgoto tratado, um benefício para a saúde da população e também irá contribuir para manutenção do título de Estância Climática, para Santa Rita, garantindo investimentos futuros no turismo. 

 

A nova estação irá tratar o esgoto de 15 bairros da cidade, com população estimada em 13,5 mil habitantes. Construída em cerca de 9,4 hectares, em área também cedida pelo Estado, ao lado da estrada vicinal Roberto Roberti, que faz fundos ao CAIS-SR.

 

As obras incluem a construção de lagoas aeradas e de decantação e, segundo o DAEE, o processo adotado apresenta um baixo custo de implantação e é compatível com a legislação ambiental. Ainda de acordo com o DAEE, a estação vai retirar aproximadamente 44 toneladas de carga orgânica, hoje lançada in natura, no córrego Capituva. Além disso, irá cumprir um importante papel como agente de prevenção na saúde, dificultando a disseminação de doenças hídricas.

 

“Santa Rita está entrando no seleto grupo de municípios com 100% de esgoto coletado e tratado, isso significa economia, segundo estudos da Organização Mundial de Saúde, para cada R$ 1 investido em saneamento, economiza-se R$ 4 em saúde”, disse o prefeito. “Além disso, também vamos cumprir com legislação, para manter o título de Estância, que nos garante quase R$ 3 milhões por ano em investimentos”, concluiu.

 

 

FOTO: Prefeito, com secretário de Saneamento e superintendente do DAEE durante assinatura de aditamento para conclusão da ETE Capituva (Divulgação)

 

Veja mais sobre Obras e Serviços [+ notícias]

 

 

Pontos Turísticos

Confira aqui os principais pontos turisticos, nossa gastronomia, hospedagens e coordenadas geográficas.

Mural de Recados

Entre e deixe o seu comentario em nosso livro de visitas!